Dpjo

O que muda na biologia da movimentação osseodentária induzida com mini-implantes/miniplacas é a sincronicidade

Alberto CONSOLARO, Ertty SILVA, Maurício de Almeida CARDOSO

Introdução: A movimentação osseodentária induzida ocorre meio de uma sincronicidade de fenômenos dentários e ósseos, graças à rede osteocítica, uma rede tridimensional de controle do formato ou design ósseo. Objetivo: Descrever a movimentação osseodentária induzida com ancoragem ampliada, dividindo-a em três momentos distintos: zero, start e stop. Questionamento: Dessa descrição origina-se a principal pergunta: com o uso de mini-implantes/miniplacas, o que muda na biologia da movimentação osseodentária induzida? A resposta é: não muda nada, nem biologicamente, nem microscopicamente. Conclusão: O que se otimiza, com essa técnica, é o tempo de tratamento, e se amplia o leque de possibilidades terapêuticas, graças à sincronicidade dos fenômenos — que continuam sendo os mesmos, em todos os dentes e nos ossos, só que de forma sincronizada. A ancoragem óssea representa a sincronicidade na movimentação osseodentária induzida.

Palabras Clave: Movimentação osseodentária induzida. Movimentação dentária induzida. Movimentação ortodôntica. Osteócitos. Rede osteocítica.

Cómo citar: Consolaro A, Silva E, Cardoso MA. What changes in the biology of bone movement induced with mini-implants/miniplates is the synchronicity. Dental Press J Orthod. 2022;27(3):e22ins3.

jueves, 23 de marzo de 2023 15:30