Endo

Procedimentos regenerativos endodônticos com clorexidina a 2% e hidróxido de cálcio: relato de caso

Lincoln de Campos FRUCHI, Murilo Priori ALCALDE, Rodrigo Ricci VIVAN, Clovis Monteiro BRAMANTE, Marco Antonio Hungaro DUARTE

Introdução: Muitas substâncias têm sido utilizadas como irrigantes e curativos intracanal nos tratamentos de dentes com rizogênese incompleta, visando obter a regeneração pulpar. A clorexidina a 2% em associação com hidróxido de cálcio P.A. pode ser uma alternativa. Métodos: No presente caso clínico, o dente #45 com periodontite apical, em um paciente com 13 anos de idade, foi tratado com solução de clorexidina a 2% como irrigante. A clorexidina na forma de gel a 2% foi utilizada como auxiliar da instrumentação e, em associação com o hidróxido de cálcio, foi utilizada como curativo durante 14 dias. Após esse período, o canal foi irrigado com solução fisiológica e, sob anestesia alveolar mandibular, uma lima K #70 foi utilizada ultrapassando levemente o ápice, para causar sangramento. Após observar que o sangue dentro dos canais alcançou a porção cervical, o cimento biocerâmico MTA Branco foi colocado na porção cervical do canal. Resultados: A apicificação e o desenvolvimento da raiz em comprimento e largura puderam ser observados já no controle de três meses, e continuaram até a última revisão, no controle de um ano. Alterações de cor não foram observadas nese período de acompanhamento. Conclusões: A clorexidina associada ao hidróxido de cálcio pode ser uma alternativa aos procedimentos de regeneração pulpar.

Palavras-chave: Endodontia regenerativa. Apicificação, clorexidina.

Como citar: Fruchi LC, Alcalde MP, Vivan RR, Bramante CM, Duarte MAH. Endodontic regenerative procedures with 2% chlorhexidine and calcium hydroxide: case report. Dental Press Endod. 2021 Sept-Dec;11(3):83-6.

Saturday, January 29, 2022 09:03